Kaya Scodelario Brasil » Arquivo » Kaya e Dylan O’Brien falam sobre sua cena mais sombria
Postado por Lais


Em entrevista à MTVKaya e Dylan O’Brien falam sobre sua cena mais sombria — a comentada cena da traição — no filme ‘Prova de Fogo’. Se você ainda não viu o filme, cuidado! O texto à seguir, traduzido por nossa equipe, contém spoilers.

Os fãs dos livros de ‘Maze Runner’ escritos por James Dashner já sabiam que Teresa (Kaya Scodelario) tinha uma grande traição em jogo, mas que foi contada de forma tão diferente dos livros que até mesmo os maiores fãs da saga, membros da Dashner Army, ficaram abalados. Basicamente, foi assim — Teresa pensou que o plano da CRUEL de sacrificar alguns para salvar vários era bom depois de vivenciar a morte brutal de sua mãe, então ela contou da localização de Thomas à Ava Paige no fim do filme, condenando Minho (Ki Hong Lee), Aris (Jacob Lofland) e alguns outros em um terrível destino. (Nós achamos).

Mas por mais que isso tenha sido difícil para nós os fãs, quando a MTV conversou com Kaya Scodelario e Dylan O’Brien antes do lançamento do filme, a dupla relevou que na verdade foi bem legal de se filmar — mesmo que ambos estavam doentes, de acordo com O’Brien.

“Foi bonito,” disse Scodelario. “Nós subimos lá, nessa incrível, pequena plataforma, olhando todo o deserto. Fazer aquela cena com o Dylan, pra mim, foi tão importante já que nós estamos nessa jornada desde o inicio. Eu estava em sua audição o ajudando a passar o texto, e eu adoro esse menino; eu me preocupo com ele. Ter esse momento de paz e quietude… Ter essa cena com apenas nós dois, e nós estávamos tão calmos… É o tipo de coisa que você ama quando está atuando. É meio que meditacional, estranho pra c—ralho que você faz.”

O’Brien compartilhou dos sentimentos de Scodelario, e adicionou que ele acha que a cena ficaria ainda melhor se não tivessem mostrado seu rosto durante a traição.

“Eu estava tão vivo, também,” disse ele. “Foi outra cena mágica, Wes Ball queria [a cena] bem no pôr do sol, bem na transição pra escuridão, basicamente. Nós tivemos duas noites para filmar, e tínhamos 25 minutos. Então sabe, a performance de Kaya… Eu quase desejei que eles só filmassem você o tempo todo. Seria tão legal. Porque aquilo tudo só foi um take, realmente… Foi uma das cenas mais especiais do filme.”

Deixe um comentário
Voltar ao início