Kaya Scodelario Brasil » Arquivo » Entrevista ao Yahoo Style
Postado por Larissa


Bridezilla? Kaya Scodelario só pode zombar da ideia. Todo o conceito de obsessão sobre tecidos parece estranho à atriz britânica, que se casou com o ator americano Benjamin Walker em dezembro de 2015.
“Eu usei um vestido da Urban Outfitters no dia do meu casamento. Eu o tinha guardado no meu guarda-roupa. Era branco. Fomos para a Prefeitura de Nova York. Eu o usei com um par de botas de veludo azul que meu marido comprou para mim. Eu amei. Foi a minha coisa favorita. Foi tranquilo e espontâneo “, diz ela ao Yahoo Style.

Há uma ressalva, ela acrescenta: “Eu usei um Vera Wang para a cerimônia de casamento”.

Durante uma entrevista à tarde, a primeira coisa que Scodelario, de 25 anos, faz é tirar seus saltos da Manolo Blahnik e se enrolar no sofá. Ela está em uma louca turnê promovendo sua incursão em filmes de grande orçamento de Hollywood: sendo um deles o quinto filme da franquia ‘Piratas do Caribe‘. Ela interpreta uma mulher da ciência, uma astrônoma apaixonada, inteligente e corajosa.
Era vital para Scodelario que Carina Smyth não fosse uma mocinha doce e desamparada. “Ou que fizesse par romântico com um cara de 60 anos de idade. É incrível que eu tenha que pensar nisso, mas eu tenho. Foi-me oferecido papéis onde meu interesse amoroso está em seus 50s “, diz ela, grata que seu par na tela foi adequado à idade. “Brenton (Thwaites) é um ano mais velho do que eu. E isso é muito certo

E ela não se preocupa com comparações com sua antecessora. “Carina é totalmente diferente de Elizabeth”, diz Scodelario, referindo-se às atuações de Keira Knightley como a aristocrata arrogante e simpatizante de piratas nos primeiros três filmes. “Quando a conhecemos, não sabemos muito sobre ela. Ela quer estudar ciências e é acusada de ser uma bruxa. Ela cresceu forte. Ela cresceu rápido”.

Quanto a Carina, as duas mulheres têm algumas coisas em comum. “Saí de casa aos 16 anos e trabalhei nos últimos dez anos”, diz Scodelario, que até hoje é mais conhecida por estrelar na série britânica ‘Skins‘ e nos filmes YA ‘Maze Runner‘. “Foi legal interpretar uma personagem que é apaixonada por uma coisa. Ela não precisava ser salva ou encontrar um interesse amoroso”.

A história pessoal de Scodelario é digna de seu próprio filme. Ela foi criada por sua mãe brasileira que Scodelario idolatra, e começou a atuar profissionalmente em 2007 na série britânica ‘Skins‘. Scodelario credita a sua mãe, que lhe permitiu realizar seus próprios sonhos.

“Ela influenciou tudo sobre mim. Ela fez tudo sozinha. Ela era uma imigrante na Inglaterra. Ela era mãe solteira com um bebê de 10 meses em um país estrangeiro. Ela limpava cinco casas por dia para que eu pudesse ter comida e roupas “, diz Scodelario. “Ela se tornou politicamente envolvida. Nós moramos em casas muito ruins e ela conversou com o conselho e nos mudou de casa. Era o que eu percebia quando eu era criança. Ela era tudo. Eu sou incrivelmente orgulhosa dela. Espero que eu possa ser metade da mãe que ela é. Eu penso nas mulheres como criaturas completas”.

Fonte: Yahoo Style

Deixe um comentário
Voltar ao início