Kaya Scodelario Brasil » Arquivo » Entrevista ao The Sunday Times
Postado por Larissa


Em entrevista ao The Sunday Times, Kaya conversou com a jornalista Louisa McGillicuddy sobre maternidade, sua carreia e sobre ter se apaixonado novamente pelo seu mario após o nascimento de seu filho. Confira a entrevista abaixo:

“Sinto-me realmente confiante com quem eu sou agora”

Como uma atriz adolescente, seu papel de estreia foi na série cult ‘Skins‘. Agora ela é uma mãe de vinte e poucos anos estrelando o novo filme de ‘Piratas do Caribe’. Louisa McGillicuddy encontra uma Kaya muito adulta.

Uma hora na companhia de Kaya Scodelario é suficiente para convencê-lo que o clichê de estrela adolescente caótica está extinto. Dez anos atrás, se você estivesse conhecendo uma atriz que, como Scodelario, tem sido famosa desde os 14 anos, você poderia esperar encontrar uma versão de, bem, a personagem que a levou à fama na série cult da E4, ‘Skins‘: torturada, teimosa e fumante Effy Stonem. Agora, eu entro em uma suíte de hotel com ar-condicionado para encontrar uma delicada jovem de 25 anos que está sentada calmamente de pernas cruzadas, com seu marido e bebê dormindo em um quarto ao lado. Esqueça fase de tropeçar fora das boates; Esta jovem estrela madureceu e virou uma mãe moderna, postando fotos amamentando e marchando em protestos com seu bebê seguro em um sling.

“Meu marido é maravilhoso”, diz ela serenamente. “Ele me dá muito apoio e sabe que eu quero continuar a trabalhar, a desfrutar da maternidade e também ainda ter minha vida.” Ela se casou com o ator americano de 34 anos Benjamin Walker Davis em 2015 (eles mudaram legalmente seus nomes para Scodelario-Davis), e o plano é que cada um deles “faça um projeto, um projeto por vez, para que sempre estejamos juntos como uma família”, diz ela. “Nós achamos que é importante ser uma unidade e ficarmos juntos.”

Na próxima quinta-feira irá estrear a quinta edição da franquia ‘Piratas do Caribe’, na qual ela está estrelando; Este circuito de publicidade é o seu primeiro desde o nascimento de seu filho em novembro (eles ainda não anunciaram publicamente seu nome). Ela passou três anos lutando para consiguir o trabalho. “O que foi bom”, ela diz, “porque sempre me preocupo quando algo é oferecido. Acho que é importante fazer uma audição, conversar com a equipe criativa, os produtores e diretores, e certificar-se de que estamos na mesma página. ”


Caramba! Eu não sei dizer se ela é genuinamente esta pessoa zen aos 25 anos de idade, ou se ela apenas foi treinada à perfeição pelos seus representantes. ‘Piratas‘ é uma das maiores franquias de cinema do planeta, afinal. O segundo filme, ‘O Baú da Morte‘, custou US $ 1,07 bilhão em 2006 – mais do que o PIB das ilhas Seychelles naquele ano – e a série até agora arrecadou US $ 3,73 bilhões. O orçamento para o mais recente filme, ‘A Vingança de Salazar‘ é estimado em $ 320m, o que o torna o segundo filme mais caro de todos os tempos (o mais caro é o último filme ‘Piratas‘, ‘Navegando em Águas Misteriosas‘).

O elenco principal – Johnny Depp, Orlando Bloom, Keira Knightley – está de volta, reunidos pelos dois novos aliados: o recém-chegado Brenton Thwaites, como Henry Turner, e Scodelario como a horologista-astrônoma Carina Smyth. A escala de produção foi maior do que qualquer coisa que ela tinha trabalhado antes. “Eles até tinham lâmpadas de calor para cada palmeira para que crescessem a mesma quantidade durante a noite”, diz ela. Muito diferente de ‘Skins‘ então? “Você não tem ideia! Eu adoro olhar para trás e pensar naqueles dias. Nós costumávamos compartilhar o menor trailer entre os seis. Gostávamos de fazer os nossos próprios sanduíches para levar para o trabalho. Era muito, muito diferente.”

Quando estreou em 2007, ‘Skins‘ foi uma lufada de ar fresco para o tom abafado de séries de TV chatas para adolescentes. Escolha o seu tópico e ele estava lá: familias abusivas, dependência de drogas, transtornos alimentares, gravidez na adolescência e morte. Naturalmente, tornou-se um pára-raios para o debate da maneira como que as meninas tem sido: ou ridicularizadas por serem completamente irrealistas(nas séries), ou castigadas por glorificar a escória da vida adolescente. Scodelario foi o membro mais antigo do elenco (que incluiu também Nicholas Hoult e Dev Patel), interpretando Effy, desde os 14 até os 21. Ela terminou a escola aos 16 para focar na atuação, e olha para trás nos anos de ‘Skins‘ como sendo sua versão da universidade. “Foi difícil para alguns de nós ter que crescer e também estar em um programa de TV”, diz ela.

Seus pais se separaram quando ela era jovem, e ela foi criada por sua mãe brasileira, Katia, em uma propriedade do governo no norte de Londres. Seu pai morreu em 2010, quando ‘Skins‘ ainda estava filmando. “Nós passamos por tudo juntos naquela série. É a razão pela qual a maioria de nós ainda sermos amigos. Todos nós estávamos apaixonando-nos pela primeira vez e tendo nossos corações partidos, tendo dramas de família, ou aprendendo como guardar dinheiro”.

Havia romances no set, também. Scodelario namorou com Jack O’Connell, seu também namorado na série, quem ela descreveu desde então como seu  “maravilhoso, obsessivo” primeiro amor. Menciono que o entrevistei há alguns anos atrás e que ele parece ter uma abordagem semelhante pós- ‘Skins‘. Ele falou sobre seus sonhos de se mudar para uma fazenda no meio do nada e sobre criar galinhas. Por um minuto eu vislumbro seu eu mais nova, quando ela revira os olhos involuntáriamente como se dissesse: “Sim, certo.”
Ela conheceu seu marido quando eles estavam filmando o drama romântico ‘The King’s Daughter’, que estreia no final deste ano. Eles se tornaram amigos, então veio a cena do beijo. Parece brega, mas até aquela manhã nós estávamos brincando sobre como seria estranho nos beijar, e então …” ela ri. “Nós dois fugimos e nos ignoramos durante o resto do dia. Então fomos jantar naquela noite e dissemos: ‘Então, nós devemos dar uma chance?’ Agora estamos casados há dois anos e temos um bebê”.

Ela ficou grávida aos 23 anos, depois que terminaram as gravações de ‘Piratas‘. O casal estava morando em Nova York, enquanto seu marido estava se apresentando como Patrick Bateman na adaptação da Broadway de ‘Psicopata Americano‘. Você foi um dos primeiros de seus amigos a formar uma família? “De jeito nenhum. A maioria dos meus amigos tem filhos. Meus amigos são pessoas realmente normais, eles não são atores. Tirando o grupo de ‘Skins‘, eles são os amigos com quem eu fui para a escola “, diz ela. “Além disso, acho que nunca vai ter um momento certo. Nunca haverá um momento em que você pense, tipo, ‘OK, tudo está legal e pacífico. Agora posso ter uma família”.

Ela é efusiva sobre o tema da maternidade. “Eu me apaixonei pelo meu marido de novo, o que eu não esperava. Eu pensei, se alguma coisa, o relacionamento seria tenso. Mas eu o respeito muito mais agora que vejo que pai maravilhoso ele é, e ele me respeita como uma mãe agora ele me vê fazer isso. Acho que isso meio que o impressionou um pouco. Eu me sinto mais sexy agora, também, embora ninguém nunca te diga isso. Tenho orgulho do meu corpo. Eu entendo o mais. “Ela descarta as histórias de tablóide inevitáveis sobre sua corpo pós-bebê e comentários on-line. “É bruto, e estranho, porque é um tempo tão pessoal. Tantas mulheres têm tanta ansiedade depois de dar à luz porque sentem que precisam estar de volta a boa forma logo. Mesmo eu – estou experimentando vestidos que não se encaixam agora. Mas eu só tenho uma verdadeira serenidade de … “Eu vou chegar lá eventualmente.”

Mais do que tudo, ela diz: “Sinto-me realmente confiante com quem eu sou agora. Eu sei que os filmes são divertidos, eu amo o que eu faço, e os hotéis são bons, mas quando eu vou para casa e eu aconchego com meu filho, essa é a melhor parte. ”


 

Deixe um comentário
Voltar ao início