Kaya Scodelario Brasil » Arquivo » Entrevista a Variety
18.janeiro.2018
Postado por scodelariobrasil


Em entrevista ao site Variety, Kaya conta como é interpretar mulheres complicadas e um pouco de sua vida e carreira. Confira a matéria completa abaixo:

Kaya Scodelario retoma seu papel como Teresa, uma das heroínas em ‘Maze Runner: Cura Mortal‘, que estreia no dia 25 de janeiro. Em seguida, a atriz britânica, que também estrelou ‘Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar‘, estará em ‘Die in a Gunfight‘, um remake de ação moderno do clássico de Shakespeare, ‘Romeu e Julieta‘.

Você se abriu sobre ter sido assediada sexualmente.

Eu nunca pensei que teria a oportunidade de tocar pessoas desta forma. Sempre acreditei que se houvesse apenas uma pessoa que dissesse: “Isso aconteceu comigo”, talvez eu não teria sofrido tanto com a depressão quando criança e não teria me sentido tão em conflito quando estava crescendo. Saber que talvez eu pudesse fazer isso por outra pessoa me fez sentir que eu devia isso a mim mesma.

O que te inspirou a se tornar uma atriz?

A atuação foi a única coisa me fez sentir confiante. Eu era dolorosamente tímida quando era criança; Eu sou disléxica. Sou filha de uma mãe solteira que é imigrante. Eu simplesmente não acreditava que atuar fosse algo que pessoas como eu pudessem fazer a nível profissional. Lembro-me de fazer a minha primeira peça escolar. Nós fizemos ‘Oliver Twist’, e fui escolhida para interpretar o Oliver. Foi a primeira vez que me senti corajosa, confiante e feliz por algo. Minha mãe sempre me deixou assistir filmes que provavelmente eram um pouco maduros demais para minha idade, mas queria que eu visse histórias diferentes. Nós tivemos uma vida bastante difícil, então ela não teve medo de me mostrar isso nos filmes.

O que você faria se não estivesse atuando?

Gostaria de pensar que, mesmo que não atuasse profissionalmente, ainda estaria fazendo isso de graça. Isso me ajuda a passar o dia. Caso contrário, adoraria ter um bar rock and roll um dia. Na verdade, isso parece muito bom.

Por que é importante para você retratar mulheres fortes nos filmes?

Nunca conheci uma mulher que não seja interessante, que não tenha camadas, problemas, que não seja bonita, emocional e que não fosse uma em um milhão. Então eu nunca entendi porque representamos mulheres na tela como qualquer outra coisa além disso. É muito importante que eu interprete uma personagem que acredito que pode ser uma pessoa real. Tenho que ter certeza de que ela não está lá  apenas para estar em sua roupa íntima em algum ponto aleatório [do filme].

Como você se prepara para papéis?

Eu gosto muito de trabalhar por instinto. Acredito na vulnerabilidade como atriz. Eu acredito em permitir-se imergir em um personagem em vez de planejar cada movimento. Eu faço muita pesquisa de backstory e anoto meus scripts ou escrevo por horas a fio sobre ele. Então eu faço isso antes de iniciar o projeto e nunca mais olho para ela [a pesquisa] novamente. Não faz sentido planejar um espirro ou quando a personagem puxa o cabelo para trás da orelha, porque é o tipo de coisa que deveria vir até você naturalmente naquele momento.

Coisas que você não sabia sobre Kaya Scodelario

IDADE: 25- LOCAL DE NASCIMENTO: Sussex, Inglaterra – FILME FAVORITO DE 2017: ‘The Florida Project’ – SOCIAL-MÍDIA FAVORITA: Instagram – CO-STAR DOS SONHOS: Seu marido, Benjamin Walker – APP MAIS USADO: Google Maps

Deixe um comentário
Voltar ao início